Você conhece o traço falcêmico?

Muitas pessoas já ouviram falar da anemia falciforme, uma doenca hereditária, com complicações como dores ósseas e musculares fortes, alterações dos rins e do baço, dentre outros sintomas. Para um pessoa ter anemia falciforme, ela precisa herdar o gen da doença tanto do pai quanto da mãe. Quem tem anemia falciforme pode ter irmãos que não desenvolveram a doença, porque herdaram o gen só do pai ou só da mãe. Eles têm uma “cicatriz” genética: o traço falcêmico. Ao contrário da anemia falciforme, o traço não é uma doenca. Geralmente, quem tem o traço não tem sintomas, não tem alterações do sangue, não tem dores nos ossos ou nos músculos.

Porém, quando esta pessoa fica muito desidratada ou viaja para lugares muito altos (como a Cordilheira dos Andes), ela pode ter um quadro de dor, semelhante ao da anemia falciforme.

O teste de pezinho examina se um bebê tem a anemia ou o traço falciforme. Infelizmente, não são todas as pessoas que têm acesso ao teste, apesar dele ser feito pela rede pública de saúde, e podem passar uma vida inteira sem saber que o têm o traço. A princípio, não existe perigo. Porém, alguns estudos no Estados Unidos, com jogadores de futebol americano e com militares, que são submetidos a exercício físico de forma exaustiva, mostraram que quem tem o traço falcêmico pode estar predisposto a alterações no sangue, podendo levar a um quadro grave de rabdomiólise (lesão grave das células do músculo). Estas pessoas precisam ter mais atenção à hidratação, necessitam de descanso entre as sessões de treinamento e devem ser acompanhadas por um médico do esporte.

Existem alguns jogadores de futebol e militares no Brasil que são carreadores do traço falcêmico e nunca tiveram alterações durante os exercícios e competições. Mas quantas crianças e adolescentes estão por aí, desconhecendo serem ou não carreadores do traço e sendo submetidos a situações que podem levar à desidratação grave e a um quadro mais sério? Para investigar os efeitos do exercício e da temperatura do ambiente sobre os carreadores do traço, está sendo feita uma pesquisa com a Dra. Joan Amato. Esta pesquisa precisa de voluntários do sexo masculino, com idades entre 12 e 18 anos, que tenham diagnóstico do traço falcêmico ou tenham irmãos ou pais com traço ou anemia falciforme. Também serão aceitos voluntários sem o traço, para que haja uma comparação.

Esta é a primeira pesquisa sobre este assunto realizada no Brasil e a primeira a ser realizada no mundo com adolescentes.

Para maiores informações, entre em contato com nutroesporte@nutroesporte.com.br

Joan Emmanuelle Amato
Nutróloga e médica do esporte

  • Pingback: Os riscos da atividade física no calor extremo Nutroesporte()

  • Gláucia

    Eu traco falcemico e sinto muitas dores no joelhos e DOI MT quando ando de bicicleta e subir escadas e outas coisas e agora sinto dor na mão isso tem alguma coisa haver com isso

  • Joan Emmanuelle Amato

    Gláucia, obrigada pelo contato.
    O traço falcêmico pode cursar com crises de dor, geralmente relacionadas à desidratação ou locais com baixa pressão de oxigênio no ar.
    Procure seu médico para que ele faça uma investigação mais apurada da causa dessas dores.
    Att,
    Equipe Nutroesporte

  • Existe alguns exame que posso fazer depois de adulta para saber se tenho ou não o traço falcemico?

  • Joan Emmanuelle Amato

    Obrigada pelo contato.
    Sim, pode ser feito o teste de falcemização e a eletroforese de hemoglobina. Para maiores dúvidas, procure um médico hematologista na sua cidade.
    Atenciosamente,
    Equipe NutroEsporte

  • Joan Emmanuelle Amato

    Gláucia, obrigada pelo contato. O traço falcêmico pode estar relacionado a dores ósseas, quando seu portador apresenta desidratação severa. É interessante que você realize uma investigação das suas dores articulares com um médico na sua cidade.
    Em relação ao exercício, mantenha-se sempre hidratada, respeite o intervalo entre séries (caso faça musculação) e tenha certeza que conseguiu descansar bem entre um dia e outro de exercício.
    Atenciosamente,
    Equipe Nutroesporte

  • Lucas

    Eu sou aviador, essa condição hereditária pode me trazer algum transtorno?

  • Joan Emmanuelle Amato

    Lucas,
    Na revisão da literatura médica, aeronaves com cabines pressurizadas não oferecem risco aos carreadores do traço falcêmico.
    O Consenso Militar Brasileiro de 2007 afirma que o traço falcêmico não é condição impeditiva para ingresso nas Forças Armadas.
    Entretanto, nós Estados Unidos, cada Força Armada tem sua própria política de rastreamento e colocação. A Aeronáutica, a Marinha e os Fuzileiros Navais evitam colocar pessoas com traço em funções como piloto de caças ou dentro de submarinos.
    Procure um médico hematologista na tua cidade para que maiores dúvidas possam ser sanadas.
    Boas Festas,
    Equipe Nutroesporte

  • Pâmela Eduarda

    Minha filha tem traço falcêmico da hemoglobina S resultado obtido do teste do pezinho, gostaria de saber se ela corre risco de morte.

  • Joan Emmanuelle Amato

    Pâmela, obrigada pelo contato. Quem tem traço falcêmico carrega o gen da anemia falciforme, mas não tem a doença. Porém, é necessário que a pessoa mantenha-se hidratada e respeite seus horários de descanso.
    Como você teve uma filha com traço falcêmico, é importante o aconselhamento genético, pois, caso você tenha outro filho, pode existir a possibilidade da criança ter a doença falciforme, caso você seja portadora do traço.
    Para maiores esclarecimentos, é importante consultar um médico hematologista na sua cidade.
    Atenciosamente,
    Equipe Nutroesporte

  • Rafael Kaszas

    Tenho 30 anos e tenho os traços da anemia falciforme, Sempre pratiquei esportes como Enduro e Motocross e notei que levo mais tempo para me recuperar em altas atitudes em provas de ciclismo MTB em relação aos outros competidores.
    Gostaria de saber da Dra se existe um risco de morte subta em exercícios e competições onde minha resistência seja levada ao extremo como em provas de ciclismo de 8 horas e se existe suplemento para uma melhor oxigenação no sangue.

  • Joan Emmanuelle Amato

    Rafael, obrigada pelo contato.
    Quem apresenta o traço falcêmico pode ter sintomas quando está em lugares onde a oxigenção é baixa, como em lugares altos, bem acima do nível do mar. Quanto ao risco de morte, os portadores do traço falcêmico que fazem exercícios extremos e em condições hostis para seu organismo podem desenvolver uma síndrome relacionada ao exercício, que tem consequências graves. Consulte um médico do esporte ou um médico hematologista na sua cidade para realizar uma avaliação e manter acompanhamento.
    Atenciosamente,
    Equipe Nutroesporte

  • nailton

    Oi eu sou nailton tenho 16 anos e tenho o traco falcemico eu gostaria de saber quais são os riscos q eu corro.por exemplo quando eu jogo bola eu sinto muito cansaso ,fico tonto,e vômito.

  • Joan Emmanuelle Amato

    Nailton, obrigada pelo contato.
    Pessoas com traço falcemico devem sempre se manter hidratadas, respeitar os intervalos entre os exercícios e assegurar o seu repouso de um dia para o outro. Se você está tendo algum cansaço fora do normal, procure um médico do esporte ou um medico hematologista na sua cidade para fazer o seu acompanhamento.
    Quem tem o traço falcêmico pode fazer exercícios, mas precisa tomar os cuidados acima citados e ter acompanhamento médico para evitar problemas maiores.

    Atenciosamente,
    Equipe Nutroesporte

  • luciene lopes de jesus lima

    Tenho frsco falciforme e sinto dores nas aticulacoes cansaco fisco dores no peito ,fumigacao no corpo e dor de cabeca.e por causa do traco?sou luciene lopes

  • Joan Emmanuelle Amato

    Luciene, obrigada pelo contato.
    É importante que você tenha acompanhamento de um médico hematologista na tua cidade, para que esses sintomas sejam investigados e para avaliar se eles têm relação com o traço falcêmico ou se estão relacionados a outros quadros.
    Mantenha-se hidratada, respeite seu descanso e busque sempre um médico em caso de dúvidas quanto à sua saúde.

  • O meu filho tenhe a doença da nimia falciforme eli pode platica execício físico exemplos jogar bola eli pode alguém pode mi m responder obrigada

  • Joan Emmanuelle Amato

    Henrique, obrigada pelo contato.
    Pessoas com anemia falciforme precisam de acompanhamento médico com hematologista para que os sintomas, cuidados e complicações da doença sejam esclarecidos.
    O seu filho deve sempre se manter hidratado e, antes de começar a fazer exercício, ele precisa ter o acompanhamento do médico hematologista e do médico do esporte.
    A anemia falciforme é uma doença genética do sangue, que pode cursar com vários sintomas e pode levar a complicações mais graves como insuficiência renal.
    O traço falcêmico, ao contrário, é uma cicatriz genética, mas que pode apresentar complicações em situações extremas.
    Leve seu filho ao médico para tirar todas as suas dúvidas e manter o acompanhamento que ele deve ter ao longo de sua vida.
    Atenciosamente,
    Equipe Nutroesporte

  • camila

    Tenho traço falciforme e muitas dores desde a infância, as dores são intensas. Quando criança eram só nas mãos e nos pés hoje estou com 35 anos tenho as mesmas dores , mas só q em várias regiões do corpo minhas mãos até incham . Não sei o que faço é horrível

  • Joan Emmanuelle Amato

    Obrigada pelo contato.
    É importante que você procure um médico hematologista na sua cidade, já que você apresenta muitos sintomas. Uma investigação mais profunda precisa ser realizada por um profissional médico, a fim de descobrir porque você tem tantas dores.

    Atenciosamente,
    Equipe Nutroesporte

  • Talita

    Olá,
    Tenho o traço falsêmico e tive sintomas uma vez, na infância. Gostaria de saber se poderei ter problemas caso gere um filho de alguém que também tem o traço. Obrigada

  • Joan Emmanuelle Amato

    Talita, obrigada pelo contato.
    É importante realizar a pesquisa de traço falcêmico no parceiro, já que você possui o traço, porque a criança gerada por pais que tenham o traço pode não ter nenhum alteração (25% de chance), pode ter o traço (50% de chance) ou nascer com anemia falciforme (25% de chance).
    A anemia falciforme é uma doença genética do sangue, com vários sintomas e complicações.
    O traço falcêmico é uma “cicatriz genética” , que só desenvolve alguns sintomas da anemia falciforme quando a pessoa está em condições extremas.
    Procure um médico hematologista na sua cidade para acompanhamento e maiores esclarecimentos.

    Atenciosamente,
    Equipe Nutroesporte

  • Alexandro

    Olá ,Tenho uma filha de 04 anos que tem o traço, E possui vários tipos de alergia (Alimentares e Respiratórios)…Gostaria de saber se pode ser devido ao traço ? e , se o organismo tem dificuldades de absorver os nutrientes dos alimentos. Pois ela normalmente apresenta pequenas anemias ?

  • Joan Emmanuelle Amato

    Alexandro, obrigada pelo contato.
    Quem tem traço falcêmico pode ter uma anemia leve ou ter os glóbulos vermelhos no limite inferior da normalidade. Quanto às alergias, não existe relato de associação entre traço falcêmico e alergias alimentares.
    É interessante procurar um médico hematologista na sua cidade para fazer o acompanhamento de sua filha.
    Atenciosamente,
    Equipe Nutroesporte

  • Isabela

    Oie! Eu tenho traço falciforme e queria saber se eu posso viajar para outro país tipo (EUA)??

  • nadia

    Boa noite tenho traço falcêmico sempre sentir dores nas articulações e constantes anemias desde a infância ,agora estou com pedras nos rins uma coisa pode estar veinculada a outra.

  • Joan Emmanuelle Amato

    Isabela,
    Obrigada pelo contato.
    A literatura médica mostra que viagens de avião em cabine pressurizada não são risco para portadores do traço.
    Procure um médico hematologista na sua cidade para maiores dúvidas e boa viagem!

    Equipe Nutroesporte

  • Joan Emmanuelle Amato

    Nadia,
    Obrigada pelo contato.
    As dores na articulação e anemias leves podem ter relação com o traço falcêmico.
    Existe a associação do traço falcêmico com algumas alterações renais, mas com pedra nos rins não é uma associação comum.
    É importante que você procure acompanhamento médico para tratar as pedras nos rins e a anemia, evitando que você tenha complicações renais futuras, como infecção e perda da função renal.

    Atenciosamente,
    Equipe Nutroesporte

  • Gabriela Lelis

    Olá, tenho 16 anos e sou portadora do traço falsêmico. Quando faço esportes, sinto os mesmos sintomas: tontura, taquicardia, tremulação, calor (como se meu rosto queimasse), falta de ar e falta força para levantar e não consigo apertar objetos. Isso pode ter algo relacionado com o traço? Obrigada!

  • Joan Emmanuelle Amato

    Gabriela,
    Obrigada pelo contato.
    Quem tem traço falcêmico deve sempre se manter hidratado.
    Se teus sintomas se repetem durante o exercício, é importante que você procure um médico do esporte ou um médico hematologista na sua cidade para fazer acompanhamento e definir se eles têm ou não relação com o traço falcêmico.
    Atenciosamente,
    Equipe Nutroesporte

  • ANA CAROLINE

    Olá minha bebe de 7 meses tem o traço falcemico. Ela já teve várias infecções urinárias e agora ela as vezes fica muito pálida, com suor excessivo, com pés e mãos bem gelados e molinha. Gostaria de saber se tem alguma coisa haver com o traco falcemico?

  • naiane souza

    ola meu nome é naiane e tenho 30 anos, descobri que sou traço apos o nascimento do meu filho. sempre tive cansaço e muita fadiga mas nunca fui atrás pensei que era qquer coisa menos relacionada ao traço. durante um exame medico periódico constatou uma bradicardia e anemia, durante a consulta a medica referiu que a associação destes sintomas eram de quem tem traço falcemico. eu não havia citado que era portadora, pois fui orientada a levar uma rotina normal. fiquei surpresa com a associação dos sintomas ao traço. o que vocês me indicam no sentido de buscar ajuda sobre as alterações ou sobre o próprio traço. desde já agradeço.

  • MIleyde

    ola meu nome e mileyde tenho 29 anos eu tenho o traço façcemico queria saber se posso fazer dieta assim a dieta e so proteina por um perido meio longo e aconcelhavel ?

  • Alexandra

    Oi,sou Alexandra,tenho 35 anos,meu segundo filho nasceu com traço falcêmico,depois vim descobrir que eu também tenho. Ele sente frequente dores nos joelhos,tornozelos e sangra pelo nariz. São sintomas do traço?

  • Joan Emmanuelle Amato

    Ana Caroline,
    obrigada pelo contato.
    É recomendável que você leve sua bebê a um pediatra ou médico hematologista na sua cidade para saber se esses sintomas estão relacionados ou não ao traço falcêmico e tirar todas as suas dúvidas em relação a essa condição genética.
    Atenciosamente,
    Equipe Nutroesporte

  • Joan Emmanuelle Amato

    Naiane,
    obrigada pelo contato.
    É importante que você procure um médico hematologista na sua cidade para tirar as dúvidas em relação ao traço falcêmico. Caso você comece exercícios, seria interessante realizar uma avaliação antes com um médico do esporte.
    Atenciosamente,
    Equipe Nutroesporte

  • Joan Emmanuelle Amato

    Mileyde,
    obrigada pelo contato.
    Antes de iniciar dieta ou exercícios, é interessante que você procure um médico nutrólogo e um médico do esporte para que as avaliações da sua saúde sejam realizadas. É importante ter acompanhamento de um profissional para que sua saúde seja preservada.
    Atenciosamente,
    Equipe Nutroesporte

  • Joan Emmanuelle Amato

    Alexandra,
    obrigada pelo contato.
    As dores podem estar relacionadas com o traço, mas é importante que você leve seu filho a um pediatra ou ao médico hematologista para que ele seja devidamente examinado e as dúvidas sejam sanadas diante do profissional médico.
    Atenciosamente,
    Equipe Nutroesporte

  • Leandro

    Bom dia. Eu trabalho no corpo de bombeiros e possuo o traço. Em ocorrências trabalho com equipamentos que elevam a temperatura do corpo e tenho um grande desgaste físico, geralmente um dia após estas ocorrências sinto o corpo cansado como se estivesse gripado. Isso tem alguma relação com o traço? Obrigado.

  • Boa Tarde , tenho traço falsêmico e minha filha de 1 ano também tem. Só descobri que eu carregava o traço a partir do momento em que fiz o teste do pezinho da bebê e no resultado veio a alteração dai fui investigar e descobri que meu pai e minha avó paterna também tem! Pra mim foi um desespero pois nunca ate o momento tinha ouvido falar sobre o traço mais hoje graças a Deus estou aliviada pois tanto eu quanto minha filha e os demais parentes estamos ótimos e vendendo saúde. Li outros comentários falando que os carregadores do traço também sentem muitas dores , no meu caso é diferente nunca senti nada. Espero que nunca sinta . Agradeço pelas explicações e parabenizo o site que foi de grande importancia pra mim .

  • Cleissi

    Olá boa tarde, meu nome é Cleissi e possuo o gene pra anemia falciforme e tenho 24 anos, moro em MG. Sempre amei esportes, faço natação e luto boxe e nunca tive complicações. Meu sonho é passar em concurso público pra solado da polícia militar ou corpo de bombeiros. Gostaria de saber se o traço falciforme é critério de caráter eliminatório nos exames médicos dos concursos públicos militares. Desde já agradeço!

  • Warlen

    Eu tenho 20 anos fui militar nas operações especiais do exército e hj além de estudar, treino para natação de alto rendimento. E queria saber se o traço da anemia que descobri por agora influencia nos tendoes e articulações, pois já tive alguns problemas e no exército sai por transtorno do pânico, mas pelo que li hj acho que foi pelo traço que me fazia passar mal em alguns exercícios.

  • ALINE DIAS

    Olá, eu descobri que tenho o traço falcêmico quando fui doar sangue e depois de uma semana chegou a mim, os resultados dos exames realizados para tal. o mesmo dizia: “identificamos traço falcêmico”, fiquei preocupada, mas me disserem que não é nada de grave, entretanto fico preocupada, pois quero ser mãe. Isso pode influenciar para que eu tenha uma gravidez e parto sadio? E meu filho, corre risco de nascer com algum problema de saúde?

  • Cleissi

    Olá boa tarde, possuo o gene para anemia falciforme (traço), tenho 24 anos moro em MG. Sempre amei esportes, faço natação, boxe e nunca tive complicações. Meu sonho é tornar-me soldado da Polícia Militar, ou corpo de bombeiros. Gostaria de saber se o traço falciforme é critério de caráter eliminatório nos exames médicos dos concursos militares. Desde já agradeço!

  • Selma Lima

    Minha filha possui o traço falcemico e tem 17 anos. Além disto, é HIV + , gostaria de saber se os remédios q toma podem atenuar ou agravar os sintomas. Ela reclama de dores nas pernas. Mto obgda

  • Joan Emmanuelle Amato

    Leandro,
    Obrigada pelo contato.
    Situações de grande desgaste físico podem levar a alterações físicas em quem tem traço falcêmico, como essa que você relatou.
    É interessante que você faça acompanhamento com médico e mantenha-se sempre hidratado.

    Equipe Nutroesporte

  • fabio

    boa noite ! tem como fazer exames depois de um ano de idade para saber se meu filho tem a doença anemia falciforme?

  • Jessica

    Oi meu nome é Jessica eu tenho um filho que tem isso ele tem 4 anos será que eu tenho isso pq ando sentindo várias dores no corpo todo há um mês

  • tatiana

    Boa tarde.
    Minha filha tem traço falcemico e ultimamente anda sentindo muita dor de cabeça, será que tem alguma relação?

  • SUELLEN

    Tenho traço falciforme. Tenho 30 anos e descobri a 2 anos. Desde criança sempre tive muito cansaço, fraqueza, e dores nas pernas e nos braços. Jos últimos anos se agravou e tenho dado desmaios ao caminhar e as dores no corpo aumentaram, dando ate mesmo caimbras. Ja fui em tudo que é especialidades médicas, já fiz mil e uns exames e nunca descobriram nda. A 2 anos por eronia do destino, um tio que sempre teve o mesmo sintomas ao doar sangue descobriu que tinha o traço. Por conta própria fiz o exame e descobri que tbm era portadora do traço. Fui ao hematologista, que disse que não tem remédio, que eu sempre teria as dores. Morreria com essa doença e não dela. Que evitasse caminhar e exercícios físicos. Já fui em vários outros médicos que riem do laudo do hematologista e não concordam. E por fim, estou de cama a 1 semana e tomo remédios para dor por conta própria. E não sei mais o que fazer, pq cheguei a ir em médicos, que nem sabiam o significado de traço falciforme e eu que tive que explicar. Gostaria de saber se existe sim medicamentos para aliviar as dorea no corpo e esse cansaço, para que eu possa trabalhar e estudar e ter uma vida melhor. Pois, muito difícil, ficar esperando o amanhã para saber como vou acordar. Desde já, grata. Suellen Sousa.

  • Jacqueline pereira

    excelente explicação! <3