Armband e monitorização de perda de caloria e exercício

Arm_band_nikefuel_nutroesporte

Existem várias pulseiras de monitorização da atividade física e que estimam a perda de calorias no mercado, como, por exemplo, a NikeFuel, a FitBit e a Up24 da Jawbone. Um estudo realizado na Ball State University dos Estados Unidos testou a acurácia desses monitores em relação à medição de gasto energético diário. Ou seja, se essas pulseiras são confiáveis para dizer quantas calorias uma pessoa vai perder em um dia.

Armband Up24 da Jawbone

O estudo foi realizado com mais de 8 tipos de pulseiras diferentes e os resultados mostraram que existe um variação de, aproximadamente, 10% de diferença entre o gasto calórico mostrado pelas pulseiras quando comparado à calorimetria, um método mais confiável de medir esse gasto.

A grande questão dessa diferença de 10% é que se a pessoa se baseia no gasto calórico da pulseira e realiza uma dieta com a mesma quantidade de calorias, sem quere, essa pessoa pode estar comendo 10% a mais de calorias a cada dia. Vamos ao exemplo: a pulseira marca que seu gasto seria de 2000Kcal por dia. Porém, o real gasto pode ser de 1800kcal (2000 – 10%). Para quem “se exercita para comer”, isso pode representar um acúmulo de calorias extras e, mesmo realizando exercício, ainda assim a pessoa poderia engordar.